Fale com conosco pelo Whatsapp: (75) 3641-3641  Icone whatsapp

Domingo, 28 de Novembro de 2021

Seja bem vindo(a) ao SAAE Valença

Notícias

SAAE ADMINISTRARÁ ETE DE CONDOMÍNIO DE VALENÇA

 

Construção da ETE foi feita pela administradora do empreendimento

A direção e chefia de Divisão Técnica do Serviço Autônomo de Água e Esgoto de Valença – SAAE, representada pela diretora Rosemary Paixão e por Edilson França, receberam na semana passada, através de termo de doação, a Estação de Tratamento de Esgoto – ETE – do Condomínio Barlavento, empreendimento construído no Loteamento Novo Horizonte na sede do município.

A ETE servirá também para o Fórum Eleitoral, que fica vizinho do empreendimento, segundo informação dos próprios diretores do condomínio.

O SAAE passa a administrar, sem ônus, a ETE em razão de cumprimento de lei municipal que regulamenta a autarquia como única e exclusiva prestadora de serviço para este porte de serviço.

A novidade são os biodigestores
O funcionamento da ETE ocorre de maneira automática. O efluente passa por tratamento preliminar que compõe caixa de areia e gradeamento para depois entrar na elevatória. Depois disso, passa pela etapa anaeróbia e aeróbia de tratamento, decantação secundária e no final é realizada a desinfecção do efluente através da dosagem de insumo a base de cloro. Em alguns casos o agente desinfetante pode ser substituído. O retorno de lodo da etapa aeróbia para a etapa anaeróbia ocorre de maneira automática.

Processo do Tratamento
A degradação anaeróbia da matéria orgânica ocorre por processos com ausência de oxigênio (meio anaeróbio) onde, em linhas gerais, a parte orgânica presente no esgoto é degradada gerando gases (metano, sulfeto de hidrogênio, dentre outros). A produção de lodo neste processo é extremamente baixa.

Já o processo de tratamento aeróbio ocorre através do fornecimento de oxigênio às bactérias pelo soprador. Em suspensão, as bactérias digerem a matéria orgânica produzindo água e gás carbônico, além de se reproduzirem. Este sistema de tratamento é conhecido como lodo ativado, mundialmente reconhecido pela alta eficiência e robustez.

A instalação está sob o solo.

“Esta é uma inovação e com toda certeza o cumprimento de responsabilidade de quem quer empreender no ramo de construção e residência no nosso município. No que depender de nós estaremos sempre cumprindo como parceiros de diversos empreendimentos, porém também cobraremos o cumprimento de responsabilidades da parte executora”, disse a diretora Rosemary

Esta postagem foi publicada em 21 de janeiro de 2020