Fale com conosco pelo Whatsapp: (75) 3641-3641  Icone whatsapp

Domingo, 28 de Novembro de 2021

Seja bem vindo(a) ao SAAE Valença

Notícias

NOTA DE ESCLARECIMENTO

A diretoria do Serviço Autônomo de Água e Esgoto de Valença vem a público manifestar seu repúdio acerca das notícias veiculadas nas redes sociais e em parte da imprensa sobre uma denúncia de desperdício de argamassa – mistura homogênea de agregado miúdo, aglomerante inorgânico e água, contendo ou não aditivos ou adições, com propriedades de aderência e endurecimento, podendo ser dosada em obra ou em instalação própria.

Lamentamos o fato do vereador, Robson Pimentel, denunciante, funcionário desta autarquia, que junto aos seus pares visitaram a Estação de Tratamento de Água – ETA, sem convidar a diretora ou outro funcionário que tivesse propriedade para explicar ao edil o que ocorria. Porém como não nos foi dada a oportunidade e o caso tornou-se público entendemos que temos a oportunidade de demonstrar o outro lado para os nossos clientes. Primeiramente, dois processos administrativos – PADs foram abertos (009/2017 e 006/2018), oriundos de inexecuções contratuais de uma grande reforma que estamos realizando na ETA.

As empresas alvo dos processos não estavam realizando a obra conforme preconizou o projeto básico e cláusulas contratuais, fato que fez com que esta diretoria, preocupada com possíveis ampliações de gastos dos cofres públicos resolvesse realizar a reforma com mão de obra própria, ou seja, usando servidores de nosso quadro.

Com relação a argamassa, o produto em grande quantidade realmente foi adquirida em fevereiro de 2018, para que a empresa pudesse executar o serviço de revestimento do prédio e assentamento do piso, porém como houve abertura de processo, conforme citado anteriormente, o produto ficou parado até organizarmos a sequência da reforma.

Porém possuímos um laudo, via e-mail do engenheiro Geovaldo Valois, que assina pela empresa Macx/Cola e informa que o produto está em perfeitas condições de uso, embora sua validade seja demarcada na embalagem com 8 meses – ou seja, 8 meses se estiver exposta a altas temperaturas, sendo assim petrificada.

Esta é mais uma investida de desgaste da diretoria desta instituição por questão política, sendo assim a verdade, a organização e o planejamento sempre vencem a politicagem, que ora assola nosso município.

Sem mais.

Rosemary Paixão

Esta postagem foi publicada em 13 de agosto de 2019